Steroid PropionateFlorida Loans Online can help you in trying times, but be sure to know the laws necessary for your loan application. The main advantage of Viagra Soft Tablets comparing with other products of this type is its faster on-set effect.
 
O Instituto do Meio Ambiente (IMA) entregou, nesta sexta-feira (20), o Troféu Alagoas Verde para pessoas e organizações que se destacaram em ações pela preservação ambiental no Estado de Alagoas. O evento aconteceu na Casa da Indústria, na capital alagoana e reuniu dezenas de gestores públicos, ambientalistas e jornalistas.
 
 
Em sua segunda edição, o evento premiou oito diferentes categorias, entre elas o acadêmico, recebido pelo Professor Cláudio Sampaio, responsável pelas ações do Projeto Meros do Brasil em Alagoas. O Professor Cláudio Sampaio está associado aos cursos de graduação em Engenharia de Pesca e Biologia UFAL, Unidade de Ensino Penedo e orienta alunos no Programa de Pós Graduação em Diversidade Biológica e Conservação nos Trópicos, do ICBS/UFAL.
 
Sampaio, ao receber o troféu das mãos do Secretário do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH), Alexandre Ayres, disse que era uma honra receber tal reconhecimento por parte do IMA, um importante parceiro no desenvolvimento de pesquisas e extensão voltados a conservação e manejo dos recursos naturais. Falou da necessidade da parceria ser sempre “verde”, buscando novas alternativas para a solução de velhos problemas ambientais.
 
 
O Professor Cláudio Sampaio destacou, também, os 10 anos da criação da UFAL/Penedo e que o prêmio, também, demonstrava a importância da chegada da UFAL no interior. A atividade faz parte da programação do mês do Meio Ambiente, que esse ano tem o desenvolvimento sustentável como tema principal. Além disso, também comemora os 28 anos do órgão.
 

 

O Projeto Meros do Brasil é realizado pelo Instituto Meros do Brasil, com o apoio de diversos parceiros ao longo da costa brasileira, comprometidos com a conservação marinha em nível global.

Visite nossa Fan Page no Facebook! 

Publicado em Notícias
 
A unidade de Penedo do Campus Arapiraca recebeu nos dias 24 a 28 de abril, a 9ª Reunião da Sociedade Brasileira para o Estudo dos Elasmobrânquios (SBEEL). O evento teve ampla programação e tratou de diversos assuntos relacionados a conservação, genética, políticas públicas, comportamento, educação ambiental, manejo, entre outros. Foram apresentados 105 trabalhos científicos, além de cinco minicursos, seis mesas redondas e sete palestras.

Estiveram presentes na solenidade de abertura, o vice-reitor José Vieira, representando a reitora Valéria Correia; o coordenador da unidade de Penedo, Petrônio Coelho Filho; o diretor acadêmico do Campus Arapiraca, Arnaldo Tenório; o superintende federal da pesca no Estado, Alexandre Delgado; o secretário municipal de educação, Luciano Lucena, representando o prefeito de Penedo; o presidente da SBEEL, Ricardo Rosa e o professor Cláudio Sampaio, presidente a 9ª Reunião. Eles destacaram a importância do evento no cenário nacional e da presença da Ufal no interior alagoano, gerando oportunidades de crescimento.

 
Cristina Amorim
 
O Instituto Linha D'Água publicou, durante a reunião da SBEEL, um edital voltado a ações de sensibilização, educação e a divulgação científica relacionada aos tubarões e às raias. Desta forma, trabalhos que tenham forte interesse com estas temáticas poderão receber apoio. Todas as ações estão associadas a um plano nacional para conservação dos tubarões e raias ameaçados de extinção, e contará ainda com um trabalho de sensibilização dos pescadores e da sociedade sobre a importância dos elasmobrânquios e de sua conservação para a integridade dos ecossistemas marinhos.

Ao fim da 9ª Reunião da SBEEL foram deliberadas diversas recomendações ao Governo Federal, direcionadas aos ministérios do Meio Ambiente (MMA) e Educação (MEC), além do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), relacionadas a conservação, fomento de ensino, pesquisa e extensão.

 
Cristina Amorim
 
Promovido pela SBEEL e unidade de ensino de Penedo da Ufal, a reunião recebeu 150 participantes de todas as regiões brasileiras e do exterior e também marcou a comemoração dos 10 anos de implantação da Unidade no Campus Arapiraca.
 
Texto: Jacqueline Freire
 

 

O Projeto Meros do Brasil é realizado pelo Instituto Meros do Brasil, com o apoio de diversos parceiros ao longo da costa brasileira, comprometidos com a conservação marinha em nível global.

Visite nossa Fan Page no Facebook! 

Publicado em Notícias