Winstrol CyclesDo you need Missouri Payday Loans as soon as possible? What can cause long-term use of Canadian Viagra? In the network and other sources of information, there is no reliable data on the long-term use of Viagra and its negative effects on the body.
 
O Instituto do Meio Ambiente (IMA) entregou, nesta sexta-feira (20), o Troféu Alagoas Verde para pessoas e organizações que se destacaram em ações pela preservação ambiental no Estado de Alagoas. O evento aconteceu na Casa da Indústria, na capital alagoana e reuniu dezenas de gestores públicos, ambientalistas e jornalistas.
 
 
Em sua segunda edição, o evento premiou oito diferentes categorias, entre elas o acadêmico, recebido pelo Professor Cláudio Sampaio, responsável pelas ações do Projeto Meros do Brasil em Alagoas. O Professor Cláudio Sampaio está associado aos cursos de graduação em Engenharia de Pesca e Biologia UFAL, Unidade de Ensino Penedo e orienta alunos no Programa de Pós Graduação em Diversidade Biológica e Conservação nos Trópicos, do ICBS/UFAL.
 
Sampaio, ao receber o troféu das mãos do Secretário do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH), Alexandre Ayres, disse que era uma honra receber tal reconhecimento por parte do IMA, um importante parceiro no desenvolvimento de pesquisas e extensão voltados a conservação e manejo dos recursos naturais. Falou da necessidade da parceria ser sempre “verde”, buscando novas alternativas para a solução de velhos problemas ambientais.
 
 
O Professor Cláudio Sampaio destacou, também, os 10 anos da criação da UFAL/Penedo e que o prêmio, também, demonstrava a importância da chegada da UFAL no interior. A atividade faz parte da programação do mês do Meio Ambiente, que esse ano tem o desenvolvimento sustentável como tema principal. Além disso, também comemora os 28 anos do órgão.
 

 

O Projeto Meros do Brasil é realizado pelo Instituto Meros do Brasil, com o apoio de diversos parceiros ao longo da costa brasileira, comprometidos com a conservação marinha em nível global.

Visite nossa Fan Page no Facebook! 

Publicado em Notícias
 
A unidade de Penedo do Campus Arapiraca recebeu nos dias 24 a 28 de abril, a 9ª Reunião da Sociedade Brasileira para o Estudo dos Elasmobrânquios (SBEEL). O evento teve ampla programação e tratou de diversos assuntos relacionados a conservação, genética, políticas públicas, comportamento, educação ambiental, manejo, entre outros. Foram apresentados 105 trabalhos científicos, além de cinco minicursos, seis mesas redondas e sete palestras.

Estiveram presentes na solenidade de abertura, o vice-reitor José Vieira, representando a reitora Valéria Correia; o coordenador da unidade de Penedo, Petrônio Coelho Filho; o diretor acadêmico do Campus Arapiraca, Arnaldo Tenório; o superintende federal da pesca no Estado, Alexandre Delgado; o secretário municipal de educação, Luciano Lucena, representando o prefeito de Penedo; o presidente da SBEEL, Ricardo Rosa e o professor Cláudio Sampaio, presidente a 9ª Reunião. Eles destacaram a importância do evento no cenário nacional e da presença da Ufal no interior alagoano, gerando oportunidades de crescimento.

 
Cristina Amorim
 
O Instituto Linha D'Água publicou, durante a reunião da SBEEL, um edital voltado a ações de sensibilização, educação e a divulgação científica relacionada aos tubarões e às raias. Desta forma, trabalhos que tenham forte interesse com estas temáticas poderão receber apoio. Todas as ações estão associadas a um plano nacional para conservação dos tubarões e raias ameaçados de extinção, e contará ainda com um trabalho de sensibilização dos pescadores e da sociedade sobre a importância dos elasmobrânquios e de sua conservação para a integridade dos ecossistemas marinhos.

Ao fim da 9ª Reunião da SBEEL foram deliberadas diversas recomendações ao Governo Federal, direcionadas aos ministérios do Meio Ambiente (MMA) e Educação (MEC), além do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), relacionadas a conservação, fomento de ensino, pesquisa e extensão.

 
Cristina Amorim
 
Promovido pela SBEEL e unidade de ensino de Penedo da Ufal, a reunião recebeu 150 participantes de todas as regiões brasileiras e do exterior e também marcou a comemoração dos 10 anos de implantação da Unidade no Campus Arapiraca.
 
Texto: Jacqueline Freire
 

 

O Projeto Meros do Brasil é realizado pelo Instituto Meros do Brasil, com o apoio de diversos parceiros ao longo da costa brasileira, comprometidos com a conservação marinha em nível global.

Visite nossa Fan Page no Facebook! 

Publicado em Notícias